Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial

URSS

A União Soviética se posicionou ao inicio da Segunda Guerra, como uma nação neutra.  Tinha assinado com a Alemanha o Pacto Molotov-Ribbentrop, em agosto de 1939, que garantia a não-agressão entre estas nações.

Em 17 de Setembro de 1939, a URSS invade a Polônia como parte do acordo firmado com a Alemanha, onde dividiriam o território Polonês e esta deixaria de existir. Em 30 de Outubro do mesmo ano, os soviéticos ocupam a Finlândia. Já em Julho de 1940, os Soviéticos invadem a Lituânia, Letônia e Estônia. E Apesar dessas manobras a posição de neutralidade ainda permanece formalmente em relação aos países em guerra com Hitler.

A neutralidade soviética duraria até 22 de junho de 1941 quando a Alemanha executou a Operação Barbarossa. Uma invasão traiçoeira e de surpresa que faria Stalin declarar guerra aos Nazistas.

Desde este episódio a União Soviética tratou de planejar a expulsão dos exércitos alemães, o que foi possível somente em 1943. Conseqüentemente com a retirada alemã, as forças soviéticas seguiram avançando em direção á Alemanha.

Após a rendição da Alemanha, em 1945, Stalin se concentrou no seu plano inicial de combater no Pacífico. Dois dias após o lançamento da bomba atômica em Hiroshima, a URSS invade a Manchúria. Em seguida as forças soviéticas ocuparam a ilha de Sakhalin no norte do Japão.

A União Soviética sofreu um número enorme de vítimas durante a Segunda Grande Guerra, a qual os soviéticos chamaram a Grande Guerra Patriótica. Não há número exato, mas estima-se que 20 milhões de soldados e civis perderam suas vidas em todas as frentes de guerra.

Sobre André Luiz!

André Luiz, natural de Osasco, ex-militar do Exército, estudou letras em São Paulo, graduando em Psicologia e fascinado pelos fatos que envolvem a Segunda Guerra Mundial.

Idealizador e criador do site Ecos da Segunda Guerra, – antigo Segunda Guerra.org – escreve sob a expectativa de contribuir com a memória deste trágico conflito e demonstrar mesmo nos acontecimentos mais terríveis é possível observar detalhes interessantes.

Veja Também

Força Aérea Hondurenha na Segunda Guerra Mundial

Quando pensamos em Segunda Guerra Mundial, logo vem em mente o Holocausto, Dia-D, Stalingrado, Pearl …

4 comentários

  1. Vlw pelo texto!!! tava precisnado para um trabalho de historia!!

  2. Stalin invadiu a polônia e a Finlândia para manter uma força nas fronteiras contra Hitler (a Finlândia estava cedendo para Hitler).

    • Não foi exatamente isso… Pois a posição dos Russos diante da Polônia foi praticamente a mesma que a Alemanha teve… A única diferença é que Stalin não tinha fixação pela destruição de Judeus. O interesse politico era o mesmo…

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)