Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / História / Quando um U-Boat enganou um Destroier Colombiano
Caldas 04 - Quando um U-Boat enganou um Destroier Colombiano
ARC Caldas

Quando um U-Boat enganou um Destroier Colombiano

Por volta de meia noite do dia 29/03/1944, o Comandante da Base Naval de Cartagena (Colômbia), o Capitão de Corveta Aureliano Castro, foi acordado em seus aposentos pelo oficial de guarda. Tinha recebido uma mensagem urgente enviada do Destroier Caldas com a seguinte mensagem: “Acabamos de afunda um submarino”, assinada pelo Capitão de Corveta Frederico Diaz Diago, que regressava seu Destroier para sua base em Cartagena.

ARC Caldas 300x233 - Quando um U-Boat enganou um Destroier Colombiano
ARC Caldas

A Colômbia tinha declarado guerra aos países do Eixo após o afundamento de três (3) escunas de propulsão a vela e desarmadas no mar do caribe. Esse ataque estava indigesto pelo governo e pelo povo alemão ate então.

Com a noticia do afundamento do submarino alemão pelo ARC Caldas, deu para os colombianos certo sabor de vingança, e antes mesmo do Destroier ancorar na base as 3:30hrs daquele mesmo dia, a noticia já tinha se espalhado como fogo no pais.

O submarino navegava na superfície, quando foi avistado pelo vigia do Destroier, que gritou “Periscópio”. A tripulação do submarino estava no convés, quando assustados viu o navio colombiano em sua frente, não tiveram tempo nem de virar os canhões, e entraram na embarcação, fecharam as escotilhas para submergir o mais rápido possível.

O ARC Caldas disparou seus canhões de 105mm, resultando assim na destruição total do U-boat, as manchas de óleo no mar claro não deixaram tal duvida, isso segundo os relatórios colombianos.

tot u154 - Quando um U-Boat enganou um Destroier Colombiano
U-154
kusch 189x300 - Quando um U-Boat enganou um Destroier Colombiano
Oskar Heinz Kusch

Durante anos essa noticia sou como glória no país, até que em 1986, quarenta e dois anos depois descobre que o submarino não foi afundado, e sim efetuou uma manobra para despistar o navio colombiano e acalmar os ânimos naquele momento.

A tática era após um ataque do tipo, o submarino submergia e lançava uma quantidade “X” de óleo e detritos pelos tubos de torpedo, assim o barco atacante achava que tinha afundado o inimigo e saia da área.

Na verdade o submarino era mesmo o alemão U-154, comandado pelo Tenente de Fragata Oskar Heinz Kusch, mas não tinha sido afundado. Na sede da Kriegsmarine fora localizado a seguinte mensagem do Tenente registrada : “Um Destroier de bandeira colombiana nos atacou na noite de 29/03. Nós estávamos imersos na noite sob ataque”

O U-154 foi afundado em 03 de julho de 1944 pelos destroieres americanos USS Inch e Uss Frost a noroeste de Madeira.

Sobre Ricardo Lavecchia

Ricardo Lavecchia tem 35 anos, nascido no dia 22/01/1982. Natural de Santo André – SP Trabalha como vedendor, desenhista nas horas vagas, sempre procurou novas idéias em imagens de livros e jornais, e foi numa dessas buscas que descobriu outra paixão: A Segunda Guerra Mundial. Tinha, então, 18 anos e se deparou com o livro: "Crônicas de Guerra - Com a FEB na Itália" de Rubens Braga. Ao invés de apenas escolher uma imagem para desenhá-la, resolveu ler o livro. O fascínio pelo assunto o tomou por completo. Em suas pesquisas sobre o tema, descobriu não só relatos de guerra, mas amizades sinceras de veteranos, como o Sr. Antônio Cruchaki, veterano do 9º BEC e o falecido Capitão Rocha da Senta a Pua. E-mail: ricardo @ segundaguerra.net

Veja Também

tenta hitler - Os 6 Atentados contra Adolf Hitler

Os 6 Atentados contra Adolf Hitler

As seis tentativas de matar Hitler Durante sua vida, Adolf Hitler sofreu 6 atentados significativos. …

norm 115 0 - A Conquista da Cidade Histórica de St. Malo pelos Aliados, Necessidade ou Erro Tático?

A Conquista da Cidade Histórica de St. Malo pelos Aliados, Necessidade ou Erro Tático?

A cidade de St. Malo, foi bombardeada e diversos tesouros históricos foram destruídos.  Um dos …

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)