Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial

Polônia

polonia A Polônia foi um dos países mais arrasados pela Segunda Guerra. Sua entrada no conflito foi uma tragédia traumática. O exercito alemão desencadeou o inicio dos conflitos com uma invasão minuciosamente planejada. O exercito Polonês teve de escolher entre a rendição ou o extermínio de suas forças.

Além da Alemanha, a União Soviética também invadiu a Polônia em 30 de Outubro. Anexo ao Pacto de Não-Agressão firmado entre os dois países estava o plano de divisão do Território polonês. Conseqüentemente tal nação seria riscada do mapa.

Estima-se que 6 milhões de Poloneses padeceram durante os anos de conflito.  Os Judeus foram apenas uma parcela dos poloneses perseguidos e mortos. Qualquer resistência civil era fortemente reprimida.

A esperança de libertação iniciou-se com os combates entre as tropas de Hitler e o Exército Vermelho. Esperança ilusória, uma vez que mais tarde soube-se que Stalin havia dado ordem para a execução de quatro mil oficiais poloneses, prisioneiros das Tropas Soviéticas.

Com a aproximação dos Soviéticos à Varsóvia, em 1944, a resistência iniciou uma luta contra os alemães, contando que seriam ajudados pelas tropas de Stalin. O Exército Vermelho, barrado por ordens de Moscou, assistiram por 63 dias, os combates onde 200 mil poloneses perderam a vida.
Em 1945, a Polônia era um país devastado. A fronteira ocidental havia sido movida para 500 km a oeste, conforme o acordo feito em novembro de 1943 por Stalin, Churchill e Roosevelt, em Teerã.
Com o término da Guerra, o terror Nazista foi substituído pelo terror de Stalin, com a implantação do comunismo Soviético.

Há um consenso entre muitos poloneses ao afirmarem que a Polônia só esteve livre da Segunda Guerra nos anos 80, quando cessou a Guerra Fria.

Sobre André Luiz!

André Luiz, natural de Osasco, ex-militar do Exército, estudou letras em São Paulo, graduando em Psicologia e fascinado pelos fatos que envolvem a Segunda Guerra Mundial. Idealizador e criador do site Ecos da Segunda Guerra, - antigo Segunda Guerra.org - escreve sob a expectativa de contribuir com a memória deste trágico conflito e demonstrar mesmo nos acontecimentos mais terríveis é possível observar detalhes interessantes.

Veja Também

hd - Força Aérea Hondurenha na Segunda Guerra Mundial

Força Aérea Hondurenha na Segunda Guerra Mundial

Quando pensamos em Segunda Guerra Mundial, logo vem em mente o Holocausto, Dia-D, Stalingrado, Pearl …

3 comentários

  1. O massacre de katin foi promovido pelos nazistas. A união soviética não tem nada haver com este massacre.

    • Discordo, Almir;
      Já foi mais que provado que foi o Exército Vermelho, o responsável pelo Massacre em Katyn. Nessa, os Alemães foram inocentes.
      A União Soviética invadiu a Polônia no mesmo dia em que os Alemães. A proposta era a mesma: colonizar e extrair recursos.

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)