Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / Nazismo / O Diário de Joseph Goebbels – Parte III

O Diário de Joseph Goebbels – Parte III

6 de novembro de 1936.

A senhorita Reifenstahl deixou a fama subir pra cabeça. Não se pode trabalhar com uma lunática como ela. E, pior ainda, agora quer ganhar meio milhão a mais para fazer um segundo filme. Mantive-me frio como o gelo e ela começou a chorar. As mulheres sempre fazem o mesmo. Mas isso já não funciona comigo. Necessita começar a trabalhar seriamente e a se organizar.

Leni-Riefenstahl Discurso de Goebbels: “O Prêmio do Cinema Alemão 1937-38 é para Leni Riefenstahl, pelo seu filme Olympia, Festival do povo, Festival da beleza. Com consciência sem igual, com uma exemplar atenção ao detalhe, com habilidade técnica e artística, conseguiu algo digno de grande admiração, não só aqui, mas também na imprensa estrangeira”.

6 de novembro de 1936.

Fui ao lago Bogensee, ali tudo era calma e tranquilidade. Um lugar onde poder trabalhar e pensar. Fazia um tempo de outono magnífico.

Passei a tarde lendo “Assassinato em Davos”, de Emil Ludwig, uma tentativa judaica muito desagradável. Podia me converter em um antissemita se é que já não fosse. Temos que acabar de uma vez com esta praga de judeus. Com todos! Até não deixar rastro!

Passei o tempo lendo, falando e escrevendo. Deitei-me por uma boa hora. Dormir aqui, no bosque, é maravilhoso.

12 de dezembro de 1936.

Meti o pau no editor chefe da imprensa dissidente. Deixei as coisas claras. Mostrei intermináveis exemplos de suas irresponsabilidades. Não aguento mais. De agora em diante darei castigos mais duros. Espero ordem e disciplina. Não penso tolerar mais inconformistas.

3 de dezembro de 1937.

À noite fomos a Swadenwerder. Magda não se encontrava muito bem. É tão boa e paciente e as crianças tão bonitas, eu os quero muitíssimo.

Falamos, jogamos e passamos o tempo. Foi muito divertido.

À tarde supervisionei alguns filmes em Berlim, “A Donzela”, uma filme de Praga com Lida Baarova. Uma atuação maravilhosa, magnificamente dirigida, se bem que os exteriores eram um pouco escuros e sujos. Típica filme checa, não significa nada para mim. Mas há que reconhecer que está muito bem feita.

lida
Imagem do Filme: A Donzela, coma atriz Lida Baarova

Lida Baarova se torna amante de Goebbels em 1936, durante uma crise em seu casamento.

 


25 de julho de 1938. – Bayreuth, Villa Wahnfried.

Magda está muito contente. Encontra-se melhor e nós dois somos muito felizes outra vez juntos.

O Führer já chegou. Estava de bom humor, muito simpático.

O festival: Tristão. Todos aparecemos em um grande desfile. A primeira cena, magnífica. A segunda um pouco incômoda e demorada. A cena final também não é boa. Mas a música, quê acústica! Incomparável.

tcheco
Multidão ovacionando Adolf Hitler

Lá fora há milhares de tcheco-alemães aclamando o Führer. É muito emocionante. O Führer me disse que resolveria este assunto logo. E cumprirá sua palavra. A grande ocasião chegará algum dia.

18 de agosto de 1938.

Um dia duro. À noite tive uma conversa muito íntima a com Magda muito humilhante para mim. Nunca perdoarei. Está sendo muito cruel e dura comigo.

Necessito medicação forte para dormir não como nada há três dias. A mesma rotina interminável no trabalho. Já quase não posso mais aguentar. Ninguém me ajuda, se bem que tampouco quero ninguém. É importante sofrer dor na vida e nunca fugir dos problemas.

Este é o pior momento de minha vida.

10 de novembro de 1938. (Acerca de A Noite dos Cristais)

Grandes manifestações contra os judeus em Kassel e Dachau. Sinagogas incendiadas e lojas destroçadas. À tarde as notícias informaram que o diplomata alemão Von Ratt foi assassinado por um judeu. Mas agora me sinto melhor.

sinagoga
Sinagoga em Chamas na série de manifestações antissemitas que entrou para história como: A Noite dos Cristais

Fui a uma recepção no município. Eu estava no topo. Mencionei o tema judeu ao Führer, e me disse, “Deixe que continuem as manifestações e retire a polícia. Os judeus devem conhecer a ira da gente diretamente, só esta vez. É o justo e adequado.”.

Passei as ordens à polícia e ao partido. Todos se apressaram em cumpri-las. Chegou a hora da gente atuar.

23 de agosto de 1939. (Acerca do Pacto de não agressão entre Alemanha e URSS)

Ontem o anúncio do pacto de não agressão com Moscou, demonstrou ser um êxito mundial. A balança de poder na Europa modificou-se. Londres e Paris estão reduzidos a nada. Os poloneses se encorajaram, mas isso os faz parecer ridículos.

Foi uma brilhante jogada do Führer. Vejamos como reage o mundo.

molotov
Assinatura do Pacto Molotov-Ribbentrop

Estão avançando comboios militares. Trabalho dia e noite sem descanso. Deveria estar ditando meu discurso para a conferência do partido, mas é uma tarefa impossível. Não tenho idéia de quem tenho que atacar e a quem não tenho.

O Führer quer falar comigo. Fiquei de visitá-lo quarta-feira.

1 de setembro de 1939. (Acerca do Início da Segunda Guerra Mundial)

Ontem ao meio-dia o Führer ordenou atacar às 5 da manhã. Parece que a sorte está lançada. Goering continua indiferente. O Führer não crê que os ingleses intervenham. A emoção alcançou seu nível máximo.

polonia
Tropas alemãs caminham para a invasão da Polônia

Em casa, trabalho. Termino a proclamação para o povo e para o partido. Trabalho em pôsteres de propaganda para a Polônia. Estamos preparados.

18 de abril de 1940.

O Führer elogiou a Luftwaffe. Revolucionou completamente a guerra. Em longo prazo, o poder marítimo não poderá competir com o aéreo. Temos vantagem neste campo e necessitamos mantê-la a todo custo. Pergunto-me quando daremos o passo. Dependemos do tempo que ainda é mau.

Necessitamos atacar a Inglaterra. E uma vez que comecemos, temos de terminar o trabalho. Não podemos nos permitir mais demoras. Por isso necessitamos ter paciência.

5 de julho de 1940.

Até quando teremos que esperar? Não posso conter a imprensa. Nem o povo. Estão ansiosos para lutar contra a Inglaterra.

18 de outubro de 1940.

Decolamos de Tempelhoff cedo. Cheguei às cercanias de Paris cerca de 1 da tarde.

Assisti ao informe, tudo muito disciplinado e com estilo. Aqui as coisas parecem bem organizadas. Falei com Göering um bom tempo. Sua gente é maravilhosa.

19 de outubro de 1940. (Acerca de sua primeira viagem oficial a Paris Ocupada)

Viajei a Paris com Goering. É um lugar maravilhoso. Voltou a atmosfera da grande cidade. Muitos soldados. Passeei pelas ruas com Goering e compramos algumas coisas nas lojas. Depois fomos ao Cassino de Paris, um teatro de variedades.

goebbelsparis
Goebbels em Paris

Não é tão bom como o de Berlim, mas está cheio de mulheres bonitas e muito erotismo. Nunca nos ocorreria fazer algo assim num cenário de Berlim. Comemos no Maximes. Estou bem com Goering. Tem sido muito amável. Tem um estilo de vida fantástico.

A guerra parece estar a milhões de quilômetros.

Goering é uma boa figura.

Fui dormir tarde. Muito cansado.

20 de outubro de 1940. (Acerca do início dos bombardeios sobre a Inglaterra)

Voei até Trouville. Dá para ver a costa inglesa, à distância. O tempo estava magnífico.

Os caças rugiam acima de nós. Goering tem tudo sob controle.

londres
CICATRIZES DE LONDRES (trecho da narração de um filme de propaganda britânica)

“Sua Majestade continua compartilhando com o povo os perigos dos ataques aéreos sobre Londres.

Passaram várias horas inspecionando os danos e comprovando pessoalmente que se faça tudo o que for possível para os feridos e e os desabrigados.

Visitaram o museu de Madame Tussaud. As estátuas de cera de Adolf  Hitler e Goebbels foram alguma das “vítimas” resgatadas após o bombardeio. Oxalá fossem reais!

Os grandes armazéns da Oxford Street foram gravemente danificados. A imagem desses lugares após o bombardeio é  chocante.

Mas isso não fará com que Hitler ganhe a guerra.”

23 de outubro de 1940.

Churchill emitiu um decreto aos franceses. Impudico, ofensivo e cheio de hipocrisia. É uma besta gorda e repugnante. Redigi um rascunho com uma fulminante resposta. Se não respondermos, continuarão tirando força de suas ilusões.

30 de outubro de 1940.

Completei 43 anos. Um pouco de reflexão e meditação, isso ajuda num dia como este. As crianças foram os primeiros a me felicitar. Puseram-se em fila, como os tubos de um órgão. Recitaram poemas e me deram flores e presentes. Que bonito!

Vimos um filme das crianças e choramos de felicidade e tristeza. Tudo foi tão bonito.

7 de novembro de 1940.

Chove e neva. Em Praga faz um tempo deprimente. Vi as vistas da Catedral de São Victor com seus tesouros, os incríveis velhos edifícios, suas ruas e praças. Estou enamorado desta cidade. Sente-se a Alemanha e nós a faremos alemã outra vez.

Recepção na cidade. Uma casa muito bonita. Longos discursos. Eu também acrescentei algumas palavras amáveis. Nosso povo aqui está sempre metendo-se com os checos. Reabrindo as velhas feridas. Isso não é uma boa propaganda. Tento reparar os danos.

2 de abril de 1941.

À tarde estreia de “O Tio Krueger” para um grande número de convidados em minha casa.

tio
Cena do Filme Propagandista alemão (Zehn Krueger)

Um grande alvoroço. O filme é um êxito. Todos estão emocionados. A estrela, Emil Jannings, se  superou. É o tipo de filme anti-inglês com que só se podia sonhar.

6 de abril de 1941.

Os ânimos sobre “O Tio Krueger” estão exaltados. As críticas são estupendas, exceto por alguns burocratas do Ministério de Assuntos Exteriores. Os demais estão encantados.

emil

“O Ministro do Reich, Dr. Goebbels, recebe o ator EmiI Jannings e lhe felicita pelo último filme “O Tio Krueger”.

Na recepção, o Ministro outorgou a Emil Jannings o Anel de Honra da Indústria Alemã de Filme, sendo o primeiro realizador ou ator alemão a receber o novo prêmio criado para premiar ganhos extraordinários no âmbito do cinema alemão”.

13 de maio de 1941. (Acerca da ida de Rudolf Hess para a Inglaterra)

À tarde, notícias horríveis. Sem ordens do Führer, Hess pegou um avião e não se sabe dele desde o sábado. Supomos que está morto.

O comunicado do Führer sugere a causa de seu vôo como um engano junto com as esperanças perdidas de assegurar um acordo de paz [com a Inglaterra]. Foi um duro revés.

hess
Rudolf Hess, o vice-führer, na noite do dia 10 de maio de 1941, rumou sozinho para a Inglaterra com esperança de fazer um acordo de paz.

É impossível avaliar as consequências agora. O Führer está completamente abalado. Pequeno espetáculo para o mundo. O vice-Führer tem uma crise psicológica. É horrível e impensável. Cerremos os dentes e continuemos.

22 de junho de 1941. (Acerca do Início da Operação Barbarossa – a invasão da URSS)

Ontem falei com minha equipe. Havia um assombro incrível por todas as partes. A maioria já supunha a verdade. Começamos a trabalhar imediatamente, febrilmente. Rádio, imprensa e novos serviços da atualidade, todos mobilizados. Tudo funciona como um relógio.

03h30min da manhã. A artilharia pesada ruge. Que Deus abençoe nossas armas. Lá fora, Wilhelmplatz está vazia e silenciosa.

Berlim está dormindo. O Reich está dormindo. Uma era grande e maravilhosa dá à luz um novo Reich. Talvez um nascimento doloroso, mas já se encaminhando à luz.

Uma nova fanfarra ressoa. Poderosa, rugente e majestosa.

barbarossa
Mapa da Operação Barbarossa

Li a proclamação do Führer aos alemães em todas as emissoras. Para mim foi também uma ocasião e grande transcendência. Despojei-me do trabalho das semanas passadas e meses. Sinto-me totalmente liberado.

24 de junho de 1941.

487m de filme desde o início de nossa campanha russa. Temos ensinado algumas de nossas armas, grandes monstros que fazem nanicos tudo à sua passagem. A justiça divina da História se volta na União Soviética. A frente antirussa na Europa está tomando forma quase por si só.

Nós não estamos fazendo nada para não levantar suspeitas. Creio que a guerra contra Moscou provará nosso enorme êxito psicológico e talvez também militar.

27 de junho de 1941.

As declarações dos prisioneiros russos revelam uma grande ignorância. Esse é o produto do sistema educativo bolchevista. Não há sinal de instrução nem de disciplina.

prisioneirorusso
Prisioneiro de guerra russo entre diversos nazistas. O despreparo das tropas russas no início da batalha deu ainda mais ânimo à crença de vitória alemã

Muitos soldados optam pelo suicídio antes de cair prisioneiros, porque o povo semeou neles o medo de Deus sobre nós.

Nossa emissão de propaganda não está chegando a seu destino. Necessitamos lançar panfletos para esclarecer as coisas.

Fonte: Documentário “O Experimento de Goebbels”

Sobre André Luiz!

André Luiz, natural de Osasco, ex-militar do Exército, estudou letras em São Paulo, graduando em Psicologia e fascinado pelos fatos que envolvem a Segunda Guerra Mundial.

Idealizador e criador do site Ecos da Segunda Guerra, – antigo Segunda Guerra.org – escreve sob a expectativa de contribuir com a memória deste trágico conflito e demonstrar mesmo nos acontecimentos mais terríveis é possível observar detalhes interessantes.

Veja Também

10 Mitos sobre o Nazismo que são tido como verdades

10. A suástica é um símbolo do mal  Também chamada de cruz gamada, ela é …

3 comentários

  1. Estou muito feliz por ter encontrado este site , acho que já o li inteiro, também gostaria de saber se o diário acaba na terceira parte ou ainda vão postar o restante? Parabéns pelo trabalho.

  2. Ola

    Talves voce possa me ajudar…
    Quando era menor eu adorava ver filmes de guerra com meu avo.
    Tinha um filme que vi uma vez que nao me recordo o nome. Se tratava de um grupo de americanos que apos uma batalha naval contra os japoneses se veem obrigados a compartir uma Ilha do Pacifico com os proprios niponicos. Cada um arma seu proprio acampamento e com o tempo presos na Ilha sao obrigados a cooperar entre si, trocam comida, cigarros e medicamentos…ate que os americanos avistam uma embarcacao aliada e se desenrola entre eles uma dramatica escaramuca ao fim do filme…
    O problema e que nao me recordo o nome do filme para busca-lo. Creio que se trata de uma producao dos anos 60. mas nao sei precisar realmente a epoca em que foi feito…

    E possivel que voce o conheca? caso seja positivo por favor me escreva um email me contando.

    Desde ja te agradeco.
    Gustavo Krepke

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)