Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / Dia D / Antes / O Dia D – As Forças Aliadas – Parte I

O Dia D – As Forças Aliadas – Parte I

ordembatalhaaliada
Ordem de Batalha Aliada para o Dia D

ESTADOS UNIDOS

bradleyAs forças estadunidenses do 1o Exército, do General Bradley, assaltariam a praia Varreville (Utah) e a praia Saint Laurent (Omaha). O 7o Corpo do General Collins participaria, com a 4a Divisão de Infantaria, do assalto contra a praia Utah, justamente ao norte do estuário do Vire.

Durante as primeiras horas da manhã do Dia D, a 82ª e a 101ª Divisões Aerotransportadas se lançariam sobre o setor oeste e sudeste de Sainte-MèreEglise, onde sua, missão consistiria em capturar as pontes sobre o rio Merderet, obter a linha do rio Douve como barreira, e apoiar o desembarque da 4a Divisão de Infantaria na praia. Esperava-se que, ao final do Dia D, o 7o Corpo, com as divisões aerotransportadas sob o seu comando, controlaria a zona a leste do rio Merderet, desde o sul de Montebourgo até o Douve.

O 5o Corpo do General Gerow planejou o seu ataque a uma extensão de praia de 7 Km, conhecida com o codinome de Omaha, sobre a costa norte de Calvados, perto de Saint Laurent. Uma equipe de combate da 29a Divisão de Infantaria à direita, e uma equipe de combate da 1a Divisão de Infantaria à esquerda, ambas comandadas pela 1a Divisão de Infantaria, atacariam na leva inicial.

O principal objetivo do 7o Corpo, apoiado pelas divisões aerotransportadas, era cortar a península de Cotentin, para evitar o ataque pelo sul, e, avançando rumo ao norte, tomar o porto de Cherburgo, o que se esperava para o Dia D + 8.

O Exército dos Estados Unidos

Após a Primeira Guerra Mundial, o exército estadunidense saiu amadurecido e orgulhoso por ter acabado com a guerra na Europa. Porém, os Estados Unidos se isolaram e se esforçaram ao máximo para se manter bem longe dos problemas europeus. Da mesma forma, suas forças armadas, embora conscientes de que poderia haver novos conflitos, não se empenharam em se aprimorar ou lhes faltaram os recursos para isso.

Em 1939, a divisão de infantaria estadunidense era rigorosamente a mesma que terminara a Grande Guerra:

  • 2 brigadas de infantaria, cada uma com 4 batalhões,
  • 1 brigada de artilharia (incluindo outras unidades, a divisão contava um efetivo de 18.500 homens).
uniform_1939
Típico Uniforme Estadunidense em 1939

Em 1939, começaram haver modificações, com certeza visando a rápida expansão que seria necessária em caso de guerra. O regimento passou a contar com 3 batalhões e surgiu a chamada “divisão triangular” (12.500 homens), onde as brigadas foram extintas e a infantaria foi agrupada em três regimentos. Foi com essa divisão que os EUA lutaram na Segunda Guerra Mundial.

Em 30/09/1939, o US Army contava com apenas 5 divisões de infantaria e 1 de cavalaria “regulares”, espalhadas em guarnições por todo o país. No papel, o Exército Regular contava com 26 divisões, mas, excetuando aquelas 6, nenhuma possuía qualquer efetivo.

Não havia divisão blindada nem aeroterrestre e a arma aérea ainda era uma parte do Exército, ignorando a criação da Força Aérea efetuada por outras grandes nações, incluindo Grã-Bretanha (RAF), França (L’Armée de I’Air) e Alemanha (Luftwaffe).

A Guarda Nacional era formada pelos Estados e controlada por eles, embora, a partir de 1903, tivesse que se organizar e equipar conforme modelo federal. No papel, contava ela com 18 divisões de infantaria e 4 de cavalaria. Então os EUA entraram na guerra e a expansão do Exército foi vertiginosa. Chegaram a uma média de 4 divisões por mês ativadas por mês.

As Divisões de infantaria do US Army

A Divisão de Infantaria “Triangular” baseava-se em que seus elementos de infantaria eram organizados sempre em três:

  • 3 regimentos de 3 batalhões de 3 companhias de fuzileiros (mais uma de petrechos pesados).

Além disso, a divisão contava com:

  • 3 grupos (batalhões) de artilharia de 105 mm
  • 1 de 155 mm
  • 1 batalhão de engenharia de combate.

Durante a guerra, era normal que pelo menos um batalhão de tanques e/ou tank destroyers fosse anexado à divisão, dependendo da missão e do terreno.

A 36ª Divisão (da Guarda Nacional do Texas) só recebeu um batalhão de tanques e um de tank destroyers (753º e 636º, respectivamente) a partir da invasão da Provença (15/08/1944), embora estivesse combatendo na frente italiana desde 09/09/1943.

No Teatro do Pacífico, raramente um batalhão desse tipo era anexado a uma divisão, pois os tanques japoneses raramente representavam uma ameaça séria – Vale ressaltar que 1ª Divisão de Infantaria Expedicionária Brasileira foi organizada nesses moldes.

Veja também:

O Dia D – Forças Aliadas – Parte I
O Dia D – Forças Aliadas – Parte II
O Dia D – Forças Aliadas – Parte III
O Dia D – Forças Aliadas – Parte IV
O Dia D – Forças Aliadas – Parte V

Sobre André Luiz!

André Luiz, natural de Osasco, ex-militar do Exército, estudou letras em São Paulo, graduando em Psicologia e fascinado pelos fatos que envolvem a Segunda Guerra Mundial.

Idealizador e criador do site Ecos da Segunda Guerra, – antigo Segunda Guerra.org – escreve sob a expectativa de contribuir com a memória deste trágico conflito e demonstrar mesmo nos acontecimentos mais terríveis é possível observar detalhes interessantes.

Veja Também

O Dia D – As Forças Aliadas para Invasão da Normandia- Parte V

ENGANOS, PLANOS E RESISTÊNCIA Em certo sentido, os Aliados já tinham um exército na Europa …

2 comentários

  1. Eu sou fasinado por filmes, progamação e sempre tenhu uma revolta contra oa Alemões,e eu penso como que era esta la na guerra minha vontade era essa, eu procuro jogos, filmes tudo q me fassa parece esta la, lutando por nosso pais.

  2. Muito bom o que você escreve neste blog.Vale ressaltar que Hittler apos a invasão e conquista da Normandia por parte dos americanos e grande parte da França por parte de britânicos começou a ver os erros que havia feito.Logo depois,viu os erros mais altos ainda em permitir que seus generais invadissem a africa e a união soviética.assim,o excército de Hitller começou a perder batalhas e respectivamente,moral.O Excercito Oficial Polônes começou a resistir a dominação nazista.após a reconquista de seus territorios,o excercito da União Soviética começou a invadir Berlim,junto com os outros Aliados.Quando Hitler se viu apavorado com a invasão dos Aliados,que enfrentavam os 2 ultimos batalhões Nazistas,um francês e um da divisão de defesa do fürher,Hitller suicidou.

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)