Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / Hoje em dia / Lista de Schindler Original é Encontrada Numa biblioteca na Austrália

Lista de Schindler Original é Encontrada Numa biblioteca na Austrália

a-lista-de-schindler-afpA lista feita pelo empresário alemão Oskar Schindler, que possibilitou salvar mais de mil judeus dos campos de concentração nazistas na Segunda Guerra, foi achada numa biblioteca de Sydney, na Austrália. Ninguém sabia que o documento estava na biblioteca.

A lista foi achada junto a notas de pesquisa e recortes de jornais alemães utilizados pelo escritor australiano Thomas Keneally, autor do livro A arca de Schindler, cujo o filme A lista de Schindler, de Steven Spielberg foi baseado.

A biblioteca tomou posse da lista quando adquiriu o material de pesquisa de Keneally em 1996.

A lista possui 13 páginas amareladas pelo tempo, onde estão os nomes e nacionalidades de 801 judeus e foi tida como um dos documentos mais poderosos do século XX.

Nem a biblioteca nem mesmo o livreiro que vendeu o material sabiam que a lista estava entre os documentos.

A lista foi escrita a maquina de escrever apressadamente em 18 de abril de 1945, próximo do fim da Segunda Guerra, e compilada por Oskar Schindler.

Durante a Segunda Guerra, Schindler esteve a frente de uma fábrica na Cracóvia, Polônia, que utilizava mão de obra judia.

Decepcionado com os ideais nazistas ele convenceu oficiais de que seus funcionários eram necessários para os esforços de guerra e não podiam ser enviados a campos de concentração.

3182500schindler_279_418
Thomas Keneally fotografado com a Lista em mãos

A lista foi dada ao escritor australiano Thomas Keneally numa loja em Los Angeles, há quase 30 anos atrás, por uma das pessoas que escapou com a ajuda de Oskar, Leopold Pfefferberg.

Pfefferberg desejava que a história da lista fosse revelada ao mundo.

Sobre André Luiz!

André Luiz, natural de Osasco, ex-militar do Exército, estudou letras em São Paulo, graduando em Psicologia e fascinado pelos fatos que envolvem a Segunda Guerra Mundial. Idealizador e criador do site Ecos da Segunda Guerra, - antigo Segunda Guerra.org - escreve sob a expectativa de contribuir com a memória deste trágico conflito e demonstrar mesmo nos acontecimentos mais terríveis é possível observar detalhes interessantes.

Veja Também

rudolf hess - As últimas fotos de Rudolf Hess vivo na Prisão de Spandau

As últimas fotos de Rudolf Hess vivo na Prisão de Spandau

“Eu fui à Inglaterra por você”: última foto de Rudolf Hess reaparece junto a uma …

foto 3 1 e1515343512851 - Adolf Hitler realmente morreu em seu Bunker, em 1945?

Adolf Hitler realmente morreu em seu Bunker, em 1945?

Por: Anderson Subtil    20 de abril de 1945, enquanto os tanques soviéticos cercavam uma …

3 comentários

  1. Oskar Schindler foi o cara que ajudou muitos judes, obrigado Oskar Schindler por este bravo ato que deus o tenha.

  2. Muito bonita a história de Schindler o filme é muito bom e emociona.

  3. a lista de schindler ,e um dos melhores filmes que eu ja vi em toda minha vida.e muito educativo e emocional ,e so pra vermos ate que ponto chega a crueldade humana.sempre que tenho a oportunudade de ver nao o perco.
    um dos momentos mais emocionantes do filme, foi quando oscar schindler disse que poderia vender o seu anel para poder salvar um e mais um e mais um, e mais um…judeu.

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)