Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / Historia da Segunda Guerra / Causas / Causas da Segunda Guerra Mundial – Principais Pontos
01 - Causas da Segunda Guerra Mundial - Principais Pontos

Causas da Segunda Guerra Mundial – Principais Pontos

Os Atos de Hitler, da Alemanha e as consequências…

O fim da Primeira Guerra Mundial impôs os tratados de paz que colocaram a Alemanha numa condição humilhante, além do despojo de suas possessões. Todos os territórios ultramarinos, a Alsácia, Lorena e a Prússia Oriental na Europa. Os exércitos aliados ocuparam a região do Reno, e o tamanho do exército e marinha alemã ficaram extremamente limitados. Obrigado a pagar indenizações, sua moeda entrou em colapso que desencadeou desemprego em massa. Assim, diante desta Alemanha desacreditada e descontente que Adolf Hitler ergueu sua voz pela primeira vez.

Apelando para a convicção do povo alemão de que tinham sido oprimidos pelos vencedores da primeira guerra mundial, não foi difícil chamar a atenção. Sua Pregação sobre a grandeza nacional e a superioridade nórdica, denunciava judeus e comunistas, os colocando como traidores e responsáveis pela derrota.

Hitler criou o Partido Nacional-Socialista e em 1932, este já possuía 13 milhões de adeptos e 230 lugares no parlamento alemão. O poder de Adolf Hitler mostrou-se absoluto em 1934, com a morte do presidente Hindenburg. Ignorando o Tratado de Versalhes, ele iniciou um grande programa de re-armamento militar. No início de 1936, debaixo de grande confiança, moveu tropas para recuperação da região do Reno, e sem o impedimento dos aliados, a operação foi bem sucedida. E No final deste mesmo ano, envia auxílio a Francisco Franco na Guerra Civil Espanhola juntamente com seu novo aliado Benito Mussolini, com quem assinou o pacto de união Roma – Berlim.

Adolf Hitler intencionava fazer do país a primeira potência mundial. Para tanto, primeiramente precisava possuir espaço vital (Lebensraum). Desta forma, comportaria uma população em rápido crescimento e exigindo prosperidade, necessitando de terras para cultivo e matérias-primas para energia e indústria. A Áustria foi por onde ele começou com seu intento, pois o país já possuía um forte movimento nazista (apesar de o chanceler querer preservá-la como nação independente). Em 1938, sem dificuldades, os exércitos alemães invadem a Áustria e entram em Viena. Seu próximo objetivo seria os Sudetos, região fronteiriça pertencente à Tchecoslováquia. Repleta de recursos minerais e por abrigar uma população alemã, Hitler incitou o descontentamento dessa população em relação ao seu país e gerou um conflito armado na fronteira.

Houve, então, o primeiro movimento de defesa dos aliados, com o intuito de intimidar Hitler. Os aliados, compostos por Tchecoslováquia, Inglaterra, França e Rússia cederam à exigência de Hitler de anexar os Sudetos, crendo na sua promessa de que não iria reivindicar mais territórios. Mas o viram quebrar sua promessa e invadiu a Tchecoslováquia. O próximo passo seria a Polônia, e diante disso, tratou de fazer suas exigências. Solicitou a devolução do porto de Dantzig e livre acesso a ele na Prússia Oriental, conhecido como Corredor Polonês.

A Polônia não estava inclinada cooperar com Hitler, pois conseguiu da Grã-Bretanha a garantia absoluta de proteção. Hitler concluiu que tal garantia não tinha valor sem o apoio russo no leste e, adiantando-se aos ingleses, aliou-se à Rússia, assinando o pacto Molotov – Ribbentrop, prometendo-lhe a recuperação do território polonês perdido em 1918. Foi desta forma que o caminho ficou aberto para o início do confronto com a Polônia e consequentemente da Segunda Guerra Mundial.

aprlamento nazi - Causas da Segunda Guerra Mundial - Principais Pontos

Sobre André Luiz!

André Luiz, natural de Osasco, ex-militar do Exército, estudou letras em São Paulo, graduando em Psicologia e fascinado pelos fatos que envolvem a Segunda Guerra Mundial. Idealizador e criador do site Ecos da Segunda Guerra, - antigo Segunda Guerra.org - escreve sob a expectativa de contribuir com a memória deste trágico conflito e demonstrar mesmo nos acontecimentos mais terríveis é possível observar detalhes interessantes.

11 comentários

  1. Adorei o site,achei bem completo exeto sobre um assunto que eu procurava com maiores detalhes “O avanço de Hitler sobre a Europa”,mas memo assim está de parabéns.Muito bem elaborado e explicado.

  2. juliano leopoldo bier

    Achei algo errado ali ..

    90% dos austriacos aceitaram a unificação!

  3. juliano leopoldo bier

    Muitos falam nessa de espaço vital .. mais o que Alemanha estava pegando na guerra era apenas territórios historicamente alemães.

  4. juliano leopoldo bier

    Se houve votação popular nao se pode dizer que alemanha INVADIU a austria, sendo que os austriacos se consideravam alemaes, apenas por uma questão historica, estavam separados.

  5. juliano leopoldo bier

    Os sudetos abrigava 855 de alemaes é bem aceitavam sua unificação.

  6. juliano leopoldo bier

    ”Hitler incitou o descontentamento dessa população” em relação ao seu país e gerou um conflito armado na fronteira

    hahahah é brincadeira.

  7. juliano leopoldo bier

    A alemanha estava reinvindicando o que era seu por direito, quem declarou guerra foi o inglaterra.

    A união sovietica invadiu trocentos paises no leste E NAO FOI DECLARADO GUERRA A ELA.

    POR QUE

  8. Jussara Vicentina Panichi

    Sou professora de História no Ensino Municipal de São Paulo e adorei o site, uso com meus alunos, quando estudamos sobre a Segunda Guerra Mundial.

  9. Estou fazendo meu TCC de logística sobre a Logística Militar da Alemanha utilizada na Segunda Guerra, e realmente, este site é muito bom.
    Tenho lido diversos livros, sobre a Guerra, e um deles é do Paulo Vizentini, que é uma obra completa, mais que muitas vezes fica complexa, e quando tenho duvida o primeiro lugar que venho buscar é aqui.

    Parabéns para vocês, e muito sucesso nesse ótimo trabalho.

  10. Ahmed Ibn Ibrahim

    Realmente, como historiador vejo imparcialidade no site. Porém, percebo que o Sr. Juliano Leopoldo Bier nutre um certo saudosismo do nazi-facismo, bem como possui uma percepção histórica desfocada da realidade. Acho que a história não mente. Todas as guerras que o mundo passou desde a guerra dos 30 anos foram provocadas pela Alemanha. Será uma mera coincidência? Acho que o Sr. Juliano deveria rever seus conceito e deixar de lador essa retórica saudosísta do nazismo.

  11. Muito bom, eu como admiradora de Hitler não pelos seus feitos e sim pela sua inteligência adoro ler qualquer coisa relacionada a segunda guerra!

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)