Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / Brasil / Em Combate (página 4)

Em Combate

FEB – As Comunicações

Durante uma operação de campanha, o serviço de comunicação é vital. Através de seus 72 telefones de campanha e pelos 174 telefones magnéticos – sem baterias e sem campainha – ou pelos 29 rádios de mão tipo Cia ou mesmo pelos 48 rádios de mochila e 10 rádios de mesa …

FEB – Propaganda de Guerra

Os alemães, na calada da noite, lançavam panfletos entre as tropas brasileiras, tentando derrubar seu ânimo. Alguns diziam assim: “Brasileiros! A ITÁLIA, O INFERNO DE SANGUE, continuará a chupar o vosso sangue, como já sucedeu em Bombiana e Abetaia. O impiedoso frio invernal continuará a apoquentar-vos. Desde o dia 16 …

FEB – O Cotidiano dos Pracinhas – Parte II

Tendo chegado à Itália no outono, e combatido durante todo o inverno de 1944-45, que foi especialmente rigoroso, o pracinha teve uma grande dificuldade em se adaptar ao frio. Apesar de o equipamento estadunidense ser considerado de boa qualidade, houve muitos casos de “pé de trincheira”, e os soldados tentavam …

FEB – A Engenharia da FEB

Quem observasse o panorama da frente de batalha e zona vizinha, teria logo sua atenção despertada pela extraordinária atividade de certos grupos de soldados, dirigidos por oficiais calmos e pacientes, construindo pontes, reparando estradas ou retirando minas. Eram os soldados e oficiais do 9º Batalhão de Engenharia, cuja enorme soma …

FEB – O Caça-Minas do Regimento Sampaio

“Eis aqui um trabalho em que só se erra uma vez.” Tais foram às palavras com que o instrutor de minas estadunidense iniciou seu curso, em Fort Benning, dirigindo-se aos oficiais brasileiros ali estagiários. O trabalho em si – tecnicamente – é, de fato, dos mais perigosos. Acresce, entretanto, que …

FEB – A Morte de Montese

*Por Joel Silveira Estive aqui em Montese pela primeira vez três dias atrás, quando esta pequena cidade – singela como um presépio – ainda era para os pracinhas brasileiros uma conquista incerta. Os soldados do 11º Regimento de Infantaria já tinham se apoderado de mais da metade da cidade e …

FEB – A Tomada de Montese

A grande odisséia da Força Expedicionária Brasileira (FEB) em Montese teve início no dia 14 de abril de 1945 e assinalou o começo da ofensiva aliada da primavera, na frente do IV Corpo de Exército (IV CEx), ao qual nossa 1ª Divisão de Infantaria Expedicionária (1ª DIE) estava integrada. A …

FEB – A Morte de Frei Orlando

Fevereiro é um mês assinalado nas festividades da Força Expedicionária Brasileira, porque foi quando as nossas tropas iniciaram o assalto definitivo ao Monte Castelo. Os alemães, entretanto, julgavam-no intransponível, tamanha a sua resistência e tão bem preparada as suas fortificações. A guerra teria seu epílogo. Não se pode fugir aos …

FEB – Correspondente de Guerra

Vinte horas depois da conquista de Castelo os caminhos lá na frente ainda não estavam inteiramente transitáveis. Havia muitas armadilhas, campos e estradas estavam minados, mas um sargento disse ao correspondente de guerra Joel Silveira que, “com cuidado”, ele poderia chegar até o PC do coronel Franklin. “A ordem é …