Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / Historia da Segunda Guerra / Fatos / Arquivos de Guerra – Colaboracionistas, os Amigos dos Nazistas
legale epuration mulheres 19 - Arquivos de Guerra - Colaboracionistas, os Amigos dos Nazistas

Arquivos de Guerra – Colaboracionistas, os Amigos dos Nazistas

aquivo de guerra 01

Em todas as populações submetidas à ocupação nazista, muitos homens e mulheres trabalharam, com diferentes graus de aplicação, para favorecer e apoiar o projeto de Hitler de instaurar uma “nova ordem europeia”.

O termo “colaboracionista” tem um significado pejorativo, por indicar quem trabalha para o inimigo, quem adota um comportamento antipatriótico e trai seus compatriotas tramando na sombra. Os colaboracionistas não se consideravam vítimas, mas confraternizavam e faziam negócios com os opressores.

Depois da libertação, a população em geral os desprezou e seu desejo de vingança se manifestou também com rituais de degradação e humilhação física, muitas vezes dos próprios vizinhos, para forçá-los a mostrar sua culpa em público e excluí-los simbolicamente da comunidade.

No fim da guerra, os tribunais dos diversos países sancionaram legalmente a exclusão dos colaboracionistas da sociedade, punindo cerca de 130.000 pessoas na França, 100.000 na Bélgica e 110.000 na Holanda. Mas depois de poucos meses o rigor inicial começará a atenuar-se.

legale epuration mulheres 19 - Arquivos de Guerra - Colaboracionistas, os Amigos dos Nazistas

Fonte: História Ilustrada da II Guerra Mundial – Volume 3

Sobre Ricardo Lavecchia

Ricardo Lavecchia tem 35 anos, nascido no dia 22/01/1982. Natural de Santo André – SP Trabalha como vedendor, desenhista nas horas vagas, sempre procurou novas idéias em imagens de livros e jornais, e foi numa dessas buscas que descobriu outra paixão: A Segunda Guerra Mundial. Tinha, então, 18 anos e se deparou com o livro: "Crônicas de Guerra - Com a FEB na Itália" de Rubens Braga. Ao invés de apenas escolher uma imagem para desenhá-la, resolveu ler o livro. O fascínio pelo assunto o tomou por completo. Em suas pesquisas sobre o tema, descobriu não só relatos de guerra, mas amizades sinceras de veteranos, como o Sr. Antônio Cruchaki, veterano do 9º BEC e o falecido Capitão Rocha da Senta a Pua. E-mail: ricardo @ segundaguerra.net

Veja Também

feb - Estupros e Massacres na Segunda Guerra Mundial – Soldados Brasileiros

Estupros e Massacres na Segunda Guerra Mundial – Soldados Brasileiros

Na gloriosa história de nossa Força Expedicionária Brasileira e campo de combate italiano, tivemos alguns …

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)