Ecos da Segunda Guerra

 

1939 - 1945

 

Que essa ocasião solene faça emergir um mundo melhor, com fé e entendimento, dedicado à dignidade do homem e à satisfação de seu desejo de liberdade, tolerância e justiça."

Segunda Guerra Mundial
Home / Hoje em dia / 36 Neonazistas Argentinos são Presos Quando Comemoravam Aniversário de Hitler

36 Neonazistas Argentinos são Presos Quando Comemoravam Aniversário de Hitler

suasticalixo Tornaram-se comuns manifestos neonazistas pela Europa, sempre em datas que relembram bombardeios e outros eventos da Segunda Guerra Mundial. Porém vale lembrar que há embriões do velho regime alemão por todo o mundo.

Na argentina a polícia prendeu 36 jovens que comemoravam o aniversário de Adolf Hitler. No dia 20 de Abril de 2009 completou-se 120 anos do nascimento do líder nazista. Neste dia, membros da Unidade de Investigação de Condutas Discriminatórias da Polícia Federal argentina, também apreenderam cruzes suásticas e outros símbolos nazistas.

As prisões ocorreram durante um recital organizado pela divisão argentina da organização ‘Blood and Honour’ – Sangue e Honra – num clube na cidade de San Martín.

Tal grupo origina-se do Reino Unido, onde mantém sua sede, além de possuir filiais em variados países europeus e americanos. Seu propósito é organizar recitais, reprodução bibliográfica, filmes e sites que difundem o nazismo.

A Argentina hoje colhe os seus maus frutos por ter sido um porto seguro para os nazistas assim que terminou a Segunda Guerra. Com apoio do governo de Péron, diversos seguidores de Hitler tiveram asilo político, como Adolf Eichmann e Joseph Mengele – ambos responsáveis diretos pela morte de milhares de pessoas em campos de extermínio.

Ironicamente, a mesma Argentina detém a maior comunidade judaica da América Latina, sendo que em 1992 uma bomba danificou seriamente a embaixada de Israel em Buenos Aires e, em 1994, a sede da Associação Mutual Israelita Argentina – Amia -, veio abaixo. Nestes atentados 114 pessoas foram mortas e mais de 300 feridas.

Sobre André Luiz!

André Luiz, natural de Osasco, ex-militar do Exército, estudou letras em São Paulo, graduando em Psicologia e fascinado pelos fatos que envolvem a Segunda Guerra Mundial. Idealizador e criador do site Ecos da Segunda Guerra, - antigo Segunda Guerra.org - escreve sob a expectativa de contribuir com a memória deste trágico conflito e demonstrar mesmo nos acontecimentos mais terríveis é possível observar detalhes interessantes.

Veja Também

rudolf hess - As últimas fotos de Rudolf Hess vivo na Prisão de Spandau

As últimas fotos de Rudolf Hess vivo na Prisão de Spandau

“Eu fui à Inglaterra por você”: última foto de Rudolf Hess reaparece junto a uma …

foto 3 1 e1515343512851 - Adolf Hitler realmente morreu em seu Bunker, em 1945?

Adolf Hitler realmente morreu em seu Bunker, em 1945?

Por: Anderson Subtil    20 de abril de 1945, enquanto os tanques soviéticos cercavam uma …

2 comentários

  1. Oi! Gostei de sua matéria. Pois é, como pôde o governo argentino abrigar seguidores de um regime reconhecido como obscuro pelo planeta? Agora, a comunidade judaica argentina infelizmente paga por esse ato.

    Corrija-me se eu estiver enganada, mas o aniversário de Adolf Hitler é 20 de abril.

  2. ADOREI ESTA MATERIA

Deixe sua Opinião (Facebook - Twitter - Google+)